Você precisa de acalmar!

Em situações em que sentimos muita raiva, tristeza, ansiedade ou desespero, sabemos que é preciso manter a calma. Em momentos de violentas emoções podemos fazer o que não devemos e nos arrependermos posteriormente. Quem nunca disse para outra pessoa se acalmar? Como se esperasse que só com essa frase o nível de irritação imediatamente diminuísse.

“SE ACALMAR” QUANDO A FRUSTRAÇÃO É GRANDE

É bem mais fácil dizer do que fazer! Mas se você explode facilmente, expressa seu descontentamento para qualquer um que esteja perto o suficiente para ouvir, ou abandona situações estressantes sem antes buscar soluções, pode ser que seu descontrole esteja lhe custando relacionamentos, seu trabalho ou mesmo sua saúde.

Isto acontece com toda e qualquer emoção “negativa”. Nem sempre sabemos o que fazer ou tomamos atitudes precipitadas. Perdidos entre a inação e a impulsividade certamente teremos prejuízos.

A falta de habilidade de controlar as próprias emoções é uma das principais causas de alguns transtornos como depressão e a síndrome de Borderline. O bom é que podemos controlar boa parte do trabalho necessário para controlar nossas emoções se agirmos ANTES de sermos tomados pelas fortes emoções, e aqui vão algumas formas.

Evite a situação

Se você sabe que se irrita facilmente quando está com pressa, simplesmente evite deixar atividades para o último minuto e se programe melhor para fazer tudo o que precisa com antecedência. Sair de casa mais cedo pode evitar que você se irrite com pedestres e engarrafamentos É um bom exemplo. Se você se irrita facilmente com alguma pessoa em específico, procure não estar onde ela estará.

Mude seu foco

Sob controle de muito estresse só olhamos para aquilo que nos faz sentir mal. Mas podemos também olhar para outros pontos da situação. Podemos nos sentir inferiores aos outros quando vemos alguém levantando muito mais peso do que nós na academia, ou podemos nos sentir mal por tirar uma nota menor que um amigo de sala. Nos compararmos com os outros pode ser muito danoso para nossa auto estima.

Invés de focar em pessoas que têm melhor desempenho do que você em qualquer atividade, será vantajoso focar em si mesmo. Perceber que nesta semana você consegue realizar o mesmo exercício com uma carga de peso maior do que conseguiu na semana passada certamente de fará sentir melhor e aumentará sua auto estima. Perceber que por ter estudado mais suas notas melhoraram é muito gratificante, mesmo que não seja a maior nota da sala.

Controle seus pensamentos

Geralmente nos sentimos de acordo com o que esperamos que aconteça. Pessoas com ansiedade social acreditam que farão papel de idiota na frente dos outros, acreditar que algo ruim está para acontecer gera grande ansiedade. Ao mesmo tempo nos sentimos muito bem quando esperamos que algo bom acontecerá.

Mudar nossos pensamentos não mudarão a situação (pelo menos não de imediato), mas pode mudar a forma como achamos que a situação está nos afetando. Pessoas com ansiedade social podem se sentir mais relaxados se mudarem suas crenças de que serão julgados pelos outros, se perceberem que os julgamentos não serão tão duros quanto pensam, e que muitas vezes os outros nem estão presando atenção ao que fazem.

Pense nos sentimentos dos outros

Preste bem atenção no que os outros fazem, no que demonstram, no que sentem. Alguém que já está irritado pode ter uma reação ruim a um pedido inesperado ou a uma má notícia qualquer. Esperar um melhor momento, acalmar a pessoa ou simplesmente ouvi-la pode ser decisivo para que consiga dizer o que precisa sem ter uma resposta ruim e se irritar com isso. Identificar o estado de humor de alguém antes de fazer um convite para sair pode ser crucial para não se sentir frustrado por um não.

Sempre aja de acordo com o estado emocional dos outros. Foque nas coisas boas. Controle seus pensamentos. Evite situações potencialmente frustrantes. Assim terá suas emoções sempre sob controle.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s