Comprar ou não comprar, eis a questão

Hoje é até correto dizer que você é o que você veste, come, e compra. Você é o que consome, de forma descarada você é definido pelas suas posses.

Tudo isso comunica algo sobre você, como palavras, mas palavras compradas, palavras caras, muitas vezes parceladas no cartão.

Há um preço a se pagar por ser como é, mas esse preço não é só financeiro, ele é, na verdade, bem mais afetivo. Você não será aceito em qualquer lugar se você for como realmente é, arrisco dizer que não será aceito em quase nenhum lugar.

Ser o que é implica em não ser outra coisa, não ser o que esperam, não ser o que mais agrada, não ser o mais rico, o mais bonito ou o mais forte.

Ser o que é custa caro, por isso a autenticidade é rara, até entre os mais ricos, entre os mais belos, entre os mais inteligentes.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s