É preciso forças pra desistir, só os fracos continuam

Se você pede forças pra continuar é porque desistir seria pior, se a melhor possibilidade fosse de fato desistir não haveria motivo para continuar pedindo por forças, ou mesmo para persistir no que não vale a pena. Se você quer mesmo continuar é porque é isso que te faz sentir melhor.

Se você pensa em desistir é porque ir do pensamento ao ato de desistir seria pior. Novamente, se estivesse decidido a desistir não haveria um pensamento em desistir, haveria um ato de desistência. Aqui ainda sim PENSAR em desistir te faz sentir melhor do que tomar a ATITUDE de desistir.

Por isso que a verdadeira força está em desistir, desistir do que o mundo joga em você. Principalmente quando continuar algo é desistir de si, quando sustentar a expectativa do outro é deixar de lado as próprias vontades, aí sim é a hora de desistir. Quando desistir é desistir do que te segura, do que te impede, e que por algum motivo ao mesmo tempo te serve de base, de segurança, só por ser previsível.

As pessoas são capazes de suportar coisas impensáveis só porque acham que a outra possibilidade PODERIA ser pior.

Então a força está em desistir, desistir da segurança, desistir do que te prende, desistir da repetição irrefletida e daquilo que protege ao mesmo tempo que machuca. Desistir da segurança em nome da autenticidade, ou desistir da previsibilidade em troca de uma vida que vale muito mais a pena.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s