O que é ser adulto

A importância do desamparo está na possibilidade do amor. É o desamparo que funda o sujeito que pode amar. Enquanto tiver pleno amparo e alguém para solucionar seus problemas, a pessoa não consegue buscar algo (ou alguém) por si só.

Como no mito grego do andrógeno. O Andrógeno era o ser que tinha os dois sexos, 4 braços, 4 pernas e duas cabeças. Por se sentirem muito cheios os andrógenos são partidos ao meio pelos deuses, e agora com um só sexo eles estão condenados a buscar a sua outra metade. O ser  que sofre a divisão é o ser que está condenado a buscar o que o torna completo. O ser humano desamparado está condenado a buscar sua metade.

Nesse mito só o amor cura o desamparo da divisão causada pelo pai que torna os filhos incompletos. Só amando alguém é que se pode sentir completo novamente. Sem o desamparo não haveria amor, sem abandono não haveria procura. O sujeito desejante só deseja porque alguma coisa falta, e só falta porque foi tirado (assim ele supõe).

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s