Saber que não pode não te impede de fazer

As regras existem para serem quebradas na medida em que a própria transgressão nos faz gozar de alguma forma. Ficamos culpados por transgredir uma regra, mas de fato não deixamos de fazê-lo quando realmente queremos.

Há um prazer naquele que enuncia regras e impõe desconforto ao outro. E há um prazer também naquele que se submete à regra, seja para segui-la ou quebrá-la.

As regra só existem por causa da exceção à regra. Se ninguém fugisse à regra não haveria necessidade da regra, não haveria a própria regra. A regra só existe juntamente com pessoas que quebram a regra.

A regra não impede alguém de realizar algo. A regra é que na verdade só é possibilitada pela quebra da regra. Só há regra porque algumas pessoas a quebram. A exceção à regra cria a necessidade da regra!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s